SOBRE

A Orquestra de Bandolins da Madeira foi fundada a 18 de Fevereiro de 1913. Pertencente à Instituição Recreio Musical União da Mocidade, a sua sede está localizada na freguesia de São Roque, no Funchal (Madeira).

A Orquestra, desde a sua fundação, tem conseguido envolver e cativar a juventude local para este projeto musical, que nos distingue, apostando na formação e na qualidade de jovens músicos, o que permitiu nos dias de hoje a realização de cerca de meia centena de concertos, anualmente.

Após uma fase como Grupo Musical Recreativo, o empenho e a criatividade do Maestro Ernesto Serrão (1924-1935), contribuiu decisivamente para o lançamento da Orquestra.

A partir dos anos 70, depois dos Maestros Carlos Gomes e Alfredo Pestana, o Maestro Elmano Gomes criou uma nova dinâmica ao estender a formação musical ao sexo feminino, na própria Instituição, uma dinâmica ainda em uso nos dias de hoje.

Já com o Maestro Eurico Martins, a Orquestra obtém a primeira internacionalização em 1994, ao participar no V Festival Internacional de Orquestras “FRANCISCO TÁRREGA” em Valência (Espanha).

Em Fevereiro de 1996, por ocasião do 83º. aniversário da instituição, é editado o primeiro CD com o título “A Bem da Arte”. Hoje a Orquestra tem editado mais quatro CD’s (“Bandolins”, “A Bem da Arte II”, “Napolitan Songs” e “Light Classics”) e com dois DVD’s (“Light Classics – Madeira Mandolin Orchestra | Orquestra de Bandolins da Madeira” e “Mandolin Orchestra Madeira Island Orquestra de Bandolins – The Youngest Mandolins Orchestra in the World).

Em Maio de 2002 realiza uma tournée pelo Sul de Inglaterra, realizando oito concertos em Weston Super Mare, Bristol, Bath, Wells, Salisbury, Portsmouth, Maidenhead e na capela de St. Georges em Windsor, este último integrado nas comemorações oficiais do Jubileu da Rainha de Inglaterra.

Em Abril de 2005, realiza um concerto no Mosteiro dos Jerónimos – Lisboa, integrado nas comemorações dos 500 anos do Monumento. Ainda neste ano, participa no 39º. Festival Internacional de Música de Plectro de Logroño, Espanha.

Em Julho de 2006, participa no VI Festival Internacional de Orquestras de Bandolins em Remiremont, França.

Em Setembro de 2007, realizou um concerto no Teatro de DIE BUHNE, na cidade de St. Polten, Áustria, no âmbito de Festival Hofe.

Em finais de Junho de 2009, realiza dois concertos no “Festival ao Largo” no Teatro Nacional São Carlos, Lisboa, com a participação do Tenor Carlos Guilherme e do Maestro e Compositor Jorge Salgueiro.

Em Julho realiza a segunda tournée por inglaterra na companhia do Tenor Carlos Guilherme, realizando dez concertos em, St-Paul’s Church, Knightsbridge, Petersfield Utd Reformed Church, Town Hall Maldon-Essex, Albert Hall-Nottingham, Holy Trinity-Huddersfield, The Grand Clitheroe, Brangwyn Hall-Swansea, Lichfield Garrick, The Forum-Bath et à St-George-Bristol.

Em Setembro 2011, estreia o grande Auditório do Centro Cultural de Belém e realiza o concerto comemorativo dos 30 anos de carreira do Tenor Carlos Guilherme, com a participação da Soprano Elizabete Matos (a nossa cantora lírica de topo), os maestros João Paulo Santos e Armando Vidal, o Barítono João Merino, o fadista António Pinto Basto e o cantor Telmo Miranda.

Em Junho 2012, participou no XXXIII Festival de Música da Madeira.

Em 18 Fevereiro 2013, por ocasião das comemorações do centenário da Associação, a orquestra foi distinguida com a medalha de ouro, pelo Governo da Região Autónoma da Madeira.

Eurico Martins foi responsável pela formação de todos os músicos e dirigiu a orquestra desde 1994 até Dezembro de 2014.

Desde então, a Orquestra de Bandolins da Madeira é dirigida pelo Maestro André Martins, filho do Maestro Eurico Martins.

Além dos concertos semanais no Centro de Congressos da Madeira ao longo de cada época, em Março de 2017, a Orquestra participa no I Festival de Guitarras do Algarve a convite do guitarrista Eudoro Grade, em Tavira e Sines.